História

A empresa teve sua origem no dia 15 de maio de 1943, em Sinimbu, então distrito de Santa Cruz do Sul, quando o Sr. Lindolfo Rodolfo Bernardo Fuerstenau, sentiu a necessidade de oferecer aos moradores do então distrito e Sinimbu, um transporte coletivo, uma vez que até então existiam somente linhas mistas, ou seja, num mesmo veículo eram transportados mercadorias e passageiros. A frequência de horários entre o interior e a sede do município eram de dois horários diários, saída de Sinimbu, ás 07:30hs e 16:00hs de Santa Cruz do Sul, com duração aproximada de duas horas, para um percurso de 29 quilometros. No ano de 1953, o Sr. Lindolfo associa-se ao Sr. Germano Winck, quando a empresa passou a ser denominada Fuerstenau & Winck, como empresa de "Transporte de Passageiros e Encomendas". Com esta associação com o passar dos anos, foram ampliados os serviços, as localidades que passaram a contar com linhas de transporte coletivo, foram Linha Rio Grande, Rio Pequeno, Herveiras, Pinhal e Gramado Xavier. Em 1º de janeiro de 1972, houve uma alteração no quadro social da empresa ingressaram como neo-sócios Sr. Nilo Augusto Winck e o Sr. Nazário Fuerstenau, passando a se denominar Fuerstenau & Winck e Cia. Nesta mesma data o Sr. Lindolfo sai da administração da empresa, passando a ser administrada e gerenciada por Nazário e Germano.


Ônibus da empresa no ano de 1952




Ônibus da empresa no ano de 1964


No dia 1º de julho de 1981, a empresa passou a denominar-se Expresso Sinimbu Ltda, quando Germano Winck sede e transfere a sua participação no capital para os filhos Armando Winck, Gastão Winck, Carmem Winck, Mário Winck e Nilo Augusto Winck. E o Sr. Lindolfo e Nazário Furstenau sedem e transferem o capital social para o Sr. Hans Guenther Kahmann e seus filhos Ernani Edgar e Elstor Frederico Kahmann, os quais assumem a administração e gerencia da empresa. Na época, a empresa contava com seis ônibus e seis linhas:

- Sinimbu a Santa Cruz do Sul (seis horários diários);
- Pinhal São Francisco a Santa Cruz do Sul (dois horários diários);
- Gramado Xavier a Santa Cruz do Sul (dois horários diários);
- Linha Rio Grande a Santa Cruz do Sul (quatro horários diários);
- Herveiras a Santa Cruz do Sul (dois horários diários) e
- Rio Pequeno a Santa Cruz do Sul (quatro horários diários).


Antiga frota


Com a nova administração, a empresa ampliou seu campo de atuação, aumentando o número de horários das linhas já existentes e ingressando num mercado até então não explorado: o fretamento. Destaca-se daquela época o transporte de funcionários de empresas do ramo fumageiro: a Armada Exportadora de Tabacos, e em seguida a Tabra Exportadora de Tabacos. Começou também o fretamento para empresas do ramo industrial. Cita-se, como exemplo, a Xalingo Brinquedos, com a qual assinou contrato no dia 13 de julho de 1987, e para qual presta serviços até a presente data, ou seja, uma parceria com mais de vinte e nove anos. Com o aumento gradativo da frota e a ociosidade dos veículos nos finais de semana e após o término da safra do setor fumageiro, houve também um incremento no setor de turismo.



No ano de 2008, a família Winck deixa a sociedade da empresa, que passa a ser administrada por Ernani Edgar Kahmann e Elstor Frederico Kahmann, até o ano de 2011, e a partir deste ano o Sr. Ernani passa a ser o único sócio e administrador da empresa.